domingo, 18 de janeiro de 2009

A Paixão de Cristo (Jovem Maria ou Vírgem Maria?)

Reações: 
Ola pessoal,

Tudo bem?! espero que sim. Aqui estou eu novamente para falar de um filme e pra hoje escolhi o tão polêmico "A paixão de Cristo" do Mel Gibson. Segundo o autor, esta foi uma reconstituição feita com a preocupação de aproximar as cenas ao máximo com os reais acontecimentos dessa história, e pra quem assistiu tenho certeza que se impressionou com os efeitos especiais que mais pareciam realidade.

Observei que o filme tem um grande cunho crítico sobre vários episódios decorrentes dessa polêmica história envolvendo fé, alienação e misticismo relatada pela bíblia. Se prestaram bem atenção em cada cena do filme certamente perceberam que mostra o momento em que Jesus inventou a mesa, e ele mostra pra Maria, sua mãe, que, por sua vez, se mostra relutante a acreditar no futuro do invento, e muitas pessoas se perguntam após ver isso, Jesus realmente inventou a mesa? a bíblia não menciona nada sobre isso, então por que mostrar isso num filme com uma repercussão tão grande no mundo atual?

Com certeza Mel Gibson não seguiu fielmente os textos bíblicos para compor a história, então, donde que o cara foi tirar essa cena? Penso eu que foi uma ótima crítica ao quadro da santa seia, ele mostra uma mesa tão bonita, com moldes bem atuais. Isso me faz pensar na ilusão das pessoas que tem o quadro em sua casa, pensando que aconteceu daquela maneira, a maioria nem sabe quem pintou, nem mesmo se perguntam por que aquele quadro é tão famoso, o filme "Código Da'Vinci" mostra uma possibilidade, mas esse vai ter seu post especial aqui um outro dia.

Mas ainda não é apenas este fato que desafia meu senso crítico sobre essa história toda, o que eu realmente queria saber é até que ponto a bíblia fala a verdade. Todos sabemos que a bíblia foi escrita por homens, levou mais de mil anos para ser escrita e organizada da maneira que temos atualmente, e levando em conta que foi traduzida pra varias línguas e posteriormente para o português, qual a distância entre seu sentido relatado em português e o relatado na língua original das escrituras? cada tradução leva o ponto de vista do tradutor, sendo assim, o que temos é um livro levando vários pontos de vista um de cada tradução anterior, isso quer dizer que com certeza houve muitas distorções em sua tragetória, existem rumores de que houve uma grande distorção quando um tradutor cometeu uma gafe, a tradução correta deveria ser jovem Maria, mas, ele traduziu como sendo virgem Maria, levando em conta que o sentido das duas palavras tem uma grande aproximação, a possibilidade é completamente plausível, mas, após isso, o fato ganhou grande repercussão na sociedade e necessitando então de uma adaptação, deixando a história como a conhecemos hoje, com todo esse misticismo.

Eu não sou nenhum ateu que odeia a bíblia, eu apenas sou muito crítico quanto a tudo que me é apresentado, principalmente quando se trata desse assunto, eu admiro muito a bíblia e recomendo a todos, ela tem muitas coisas que sendo levadas para nossa vida podem nos ajudar em inúmeras situações, já outras, é melhor que fiquem apenas na ficção mesmo, a final, como diz ela própria, "separa o bem do mal, e leva o bem consigo".

Lembrando sempre que, tudo aquilo que é apresentado a você, não importa a fonte, quem decide acreditar ou não é você mesmo, não vai fazer diferença pro resto do mundo, apenas pra você mesmo. Este filme é muito forte, é inacreditável como o homem consegue ser tão horrível com sua própria raça, mas é um ótimo filme, também faz a gente pensar sobre muitas coisas na vida, aprendemos a valorizar um pouco mais nossa vida aqui e ver que todo sofrimento ainda não chega nem perto do que muitas pessoas sofrem no mundo. Abaixo podem conferir o Trailer do filme:





Espero que tenham gostado, deixem suas críticas e sugestões e até o próximo filme pessoal. Fiquem todos com Deus.

2 comentários:

  1. ótimo texto!!!
    Ainda não tive oportunidade de assistir esse filme,porem,depois de ler esse texto,fiquei mais curioso sobre ele.
    Parabems pelo ótimo trabalho!

    ResponderExcluir
  2. existem varios evangeelhos apocrifos,talvez muita coisa do filme tenha sido tirado desses evangelhos.Mas o filme é muito bom ,assisti e me emocionei,muda o coraçao de qualquer pessoa

    ResponderExcluir

 
BlogBlogs.Com.Br