quarta-feira, 11 de abril de 2012

DE VOLTA PARA O FUTURO 3

Reações: 
DE VOLTA PARA O FUTURO 3 
O filme começa onde acaba o anterior. Após o DeLorean ter sido atingido por um raio e assim ter sido mandado para 1885 com Emmett a bordo, Marty recebe uma carta deste a relatar o que se tinha passado. Na carta, Emmett dizia a Marty para contar com a ajuda do Emmett de 1955. Dirige-se a este quando estava a enviar o primeiro Marty para 1985 e então fica apavorado pois pensa estar a ter uma visão de Marty e desmaia. Marty leva-o ao colo para casa.


Este terceiro filme é o ultimo. Doutor Emmett  está agora no velho oeste. E ele manda uma carta a Marty, dizendo que estava gostando de lá e que tinha se tornado ferreiro, e  pede a Marty que não tente ir a 1885 buscá-lo, pois é demasiado arriscado.


Mas Marty viaja para 1885 poque fica sabendo que o doutor Emmett iria morrer com um tiro nas costas...entao Marty viaja novamente ao tempo para salvar seu amigo.

Nessa epoca ele conhece seus  trisavós e o filho deles William McFly que será o bisavô de Marty no futuro, que a proposito este bebê se dá muito bem com Marty e não chora quando Marty o pega no colo...rsrsrsrs

E então começa a aventura de Marty em 1885.








Doutor Emmett conhece uma mulher e no final do filme eles tentan de tudo para leva-la com eles, mais infelismente não consegue por conta da velocidade do trem, que estava a 70 kmh.
Mais depois o Doutor Emmett se casa com ela e arruma dois meninos com ela.

CURIOSIDADES DO FILME
O filme  mostra como era em 1885, o jeito que vestiam, como conversavam.
Me lembro que Marty pediu agua gelada quando foir ao bar, e o dono do bar nem sabia o que era "gelado" rsrsrsrs,
Uma época humilde, sem muitas invenções.


VÍDEO - TRAILER:

Assistam este filme pessoal, vale muito a pena!



DE VOLTA PARA O FUTURO 2

Reações: 
DE VOLTA PARA O FUTURO 2
O filme começa onde termina o anterior. Após se recompor da sua viagem a 1955, Marty reencontra-se com a sua namorada Jennifer, que estava ansiosa para dar um passeio com o carro novo de Marty, que Biff tinha acabado de deixar na garagem.
O Dr. Brown (Christopher Lloyd) leva Marty (Michael Fox) e sua namorada para o ano 2015, onde o filho deles está prestes a se envolver com bandidos. Marty resolve o problema, mas Biff (Thomas F. Wilson) volta ao passado (1955) na máquina do tempo do cientista, levando consigo um almanaque com todos os resultados esportivos do século 20. Ele acerta as apostas e modifica toda a história, criando um aterrorizante futuro em que o pai de Marty e o cientista estão mortos. Para evitar a tragédia da modificação do futuro, Marty e o Dr. Brown voltam ao ano de 1955, onde cruzam com eles mesmos.


CURIOSIDADES DO FILME

  Depois do músico Huey Lewis fazer uma ponta no primeiro filme, Flea (baixista do Red Hot Chilli Peppers) aparece como Needles, "amigo" de trabalho de Marty McFly em 2015

 Foi a primeira aparição de Elijah Wood em filmes

 Crispin Glover não repetiu o papel de George McFly, pois exigiu um cachê muito mais alto do que a sua realidade permitia. Por isso, foi usado um dublê para as cenas em outras câmeras e foi utilizadas imagens-arquivo do filme anterior.

 O ressalto do relógio da torre que Dr. Brown quebrou em De Volta Para o Futuro ainda está quebrado em 2015









VÍDEO - TRAILER



DE VOLTA PARA O FUTURO 1

Reações: 
DE VOLTA PARA O FUTURO  é um filme norte-americano de 1985. Ele foi dirigido por Robert Zemeckisescrito por Zemeckis e Bob Gale, produzido por Neil Canton e Gale, e estrelado por Michael J. FoxChristopher LloydLea ThompsonCrispin Glover e Thomas F. Wilson. O filme conta a história de Marty McFly, um adolescente que acidentalmente volta no tempo de 1985 para 1955. Ele conhece seus futuros pais no colégio e acidentalmente faz sua futura mãe ficar romanticamente interessada por ele. Marty deve consertar o dano na história fazendo com que seus pais se apaixonem e, com a ajuda do Dr. Emmett Brown, encontrar um modo de voltar para 1985.
DE VOLTA PARA O FUTURO foi aclamado pelas críticas especializadas. Roger Ebert sentiu que o filme possuia temas similares aos filmes de Frank Capra, especialmente It's a Wonderful Life. Ebert comentou que "Steven Spielberg está emulando o grande e autentico passado do cinema clássico de Hollywood, que se especializou em combinar o diretor certo (Robert Zemeckis) com o projeto certo".

   Janet Maslin, do The New York Times, acredita que o filme tem uma linha de história equilibrada: "É uma invenção cinematográfica do humor e caprichosos contos por um longo tempo ainda por vir". Christopher Null, que assistiu o filme pela primeira vez quando adolescente, o chamou de "uma excelente filme dos anos 1980, que combina ficção científica, ação, comédia e romance em um perfeito pequeno pacote que tanto crianças e adultos irão devorar". Dave Kehr, do Chicago Reader, achou que Gale e Zemeckis haviam escrito um roteiro que equilibrava perfeitamente ficção científica, seriedade e humor. A Variety aplaudiu as interpretações, argumentado que Fox e Lloyd imbutiram em Marty e Brown uma amizade com qualidade reminiscente de Rei Artur e Merlin.[BBC elogiou os meandros do "espetacularmente executado" roteiro, afirmando que "ninguém diz algo que não vai se tornar importante para o enredo mais tarde".O agregador Rotten Tomatoes relata que 97% dos críticos deram ao DE VOLTA PARA O FUTURO uma resenha positiva, baseado em 61 resenhas, com uma nota média de 8,6/10, e o consenso, "Inventivo e engraçado, Back to the Future é uma maravilhosa aventura de viagem no tempo com um espírito inesquecível".
CURIOSIDADES DO FILME
O roteirista e produtor Bob Gale concebeu a ideia para Back to the Future depois de visitar seus pais em St. Louis, Missouri, após a estréia de Used Cars. Revirando seu porão, Gale encontrou o anuário da época de colégio de seu pai, descobrindo que ele foi presidente de classe no seu ano de formatura. Gale pensou no presidente de sua própria classe de formatura, que era uma pessoa que nada tinha haver com ele. Gale se perguntou se ele teria sido amigo de seu pai se os dois tivessem estudado juntos. Quando ele retornou para a Califórnia, ele contou a Robert Zemeckis sobre seu novo conceito. Zemeckis subsequentemente pensou sobre uma mãe afirmando que nunca havia beijado um menino na escola, quando na verdade ela era muito promíscua. Os dois levaram o projeto até a Columbia Pictures, e fizeram um acordo de desenvolvimento para um roteiro em setembro de 1980.
Zemeckis e Gale colocaram a história em 1955 porque, eles afirmaram, matematicamente, um jovem de 17 anos viajando para encontrar seus pais na mesma idade significaria viajar para aquela década. A época também marcou a ascensão dos adolescentes como um importante elemento cultural, o nascimento do rock n' roll e a expansão dos subúrbios, que dariam um sabor a história. Originalmente Marty seria um pirata de vídeo, a máquina do tempo seria um refrigerador, e ele precisaria usar a energia de uma explosão nuclear na Área de Testes de Nevada para voltar até sua própria época. Zemeckis ficou "preocupado que crianças intencionalmente iriam se trancar dentro de refrigeradores", e o clímax original foi considerado muito caro. A máquina do tempo DeLorean foi escolida porque seu desenho tornou crível a piada sobre a família de fazendeiros a confundindo por um disco voador. Os roteiristas acharam difícil criar uma amizade crível entre Marty e o Dr. Brown antes de criarem o amplificador gigante, e apenas resolveram o Complexo de Édipo com sua mãe ao escreverem a fala "É como se eu estivesse beijando o meu irmão". Biff Tannen foi nomeado por causa do executivo da Universal Pictures Ned Tannen, que se comportou de forma agressiva com Zemeckis e Gale durante uma reunião de roteiro para I Wanna Hold Your Hand. O primeiro rascunho de Back to the Future foi finalizado em fevereiro de 1981. A Columbia colocou o filme em uma virada. "Eles acharam que era um filme muito bom, fofo e emotivo, mas não muito sexual", disse Gale. "Eles sugeriram levá-lo até a Disney, porém decidimos ver se algum outro grande estúdio queria um pedaço de nós". Todos os grandes estúdios rejeitaram o roteiro nos quatro anos seguintes, enquanto Back to the Future passou por mais dois rascunhos. Durante o início da década de 1980, comédias adolescentes populares (como Fast Times at Ridgemont High e Porky's) eram picantes e com temas adultos, então o roteiro foi comumente rejeitado por ser muito leve. Zemeckis e Gale finalmente decidiram mostrar o projeto a Disney. "Eles nos disseram que uma mãe se apaixonando por seu filho não era apropriado para um filme família sob o estandarte da Disney", disse Gale.Os dois ficaram tentados a se aliarem com Steven Spielberg, que produziu Used Cars e I Wanna Hold Your Hand, ambos fracassos. Spielberg inicialmente estava ausente do projeto porque Zemeckis achou que se ele produzisse outro fracasso com ele na direção, ele nunca mais iria conseguir fazer outro filme. Gale disse, "tínhamos medo de adquirir a reputação de ser dois caras que só conseguiam arranjar um trabalho porque éramos amigos de Steven Spielberg". Um produtor se interessou, porém mudou de ideia quando descobriu que Spielberg não estava envolvido. Zemeckis então decidiu dirigir Romancing the Stone, que foi um sucesso de bilheteria. Agora um diretor de alto nível, Zemeckis mostrou o projeto a Spielberg, e o filme foi estabelecido na Universal Pictures.O executivo Sidney Sheinberg fez algumas sugestões no roteiro, como mudar o nome da mãe de Marty de Meg para Lorraine (o nome de sua esposa, a atriz Lorraine Gary) e de substituir o chimpanzé de estimação de Brown por um cachorro. Sheinberg também queria que o título fosse alterado para Spaceman from Pluto, convencido de que nenhum filme de sucesso tinha a palavra "futuro" no título. Ele sugeriu que Marty se apresentasse como "Darth Vader do planeta Plutão" enquanto se dirigia ao seu pai para convencê-lo a convidar sua mãe para o baile (ao invés de "...do planeta Vulcano"), e que o quadrinho do filho do fazendeiro tivesse o título de Spaceman from Pluto ao invés de Space Zombies from Pluto. Spielberg ditou um memorando de volta para Sheinberg, onde ele o convenceu que todos acharam o título uma piada, assim o envergonhando e o fazendo desistir da ideia.Quando lançado, Back to the Future se tornou o filme de maior sucesso do ano, arrecadando mais de US$ 380 milhões em bilheteria e recebendo aclamação pela crítica. Ele venceu o Hugo Award de Melhor Apresentação Dramática e o Saturn Award de Melhor Filme de Ficção Científica, como também indicações ao Oscar, ao Golden Globe e outros. Ronald Reagan até citou o filme em seu Discurso sobre o Estado da União em 1986. Em 2007, a Biblioteca do Congresso americano selecionou o filme para preservação no National Film Registry, e em junho de 2008 a American Film Institute o reconheceu como o 10º melhor filme de ficção científica americano. O filme marcou o início de uma franquia, com as sequências DE VOLTA PARA O FUTURO Parte II e DE VOLTA PARA O FUTURO Parte III sendo lançadas em 1989 e 1990, como também uma série de desenhos, um brinquedo de parque de diversões e vários jogos eletrônicos.



VÍDEO-TRAILER









 
BlogBlogs.Com.Br