quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Lutero (Quanto custa sua salvação?)

Reações: 
Martim Lutero foi um teólogo alemão, este filme retrata sua vida de forma crítica e realista quanto ao passado negro da igreja católica, mostrando porque este teólogo é símbolo da reforma protestante.

O filme mostra a história deste homem que tinha um forte desejo de ser padre, porém, já na sua primeira missa ficou confuso quanto às práticas da igreja, vendo que o povo era iludido na crença de que compraria um lugar no paraíso para si e sua família, tirando assim, o suado dinheiro dos pobres fiéis. Isso gera muita polêmica inclusive nos dias atuais, pois, é inacreditável, mas, essas práticas predominam ainda hoje.

Um dos meios de alienação em massa que já está difundido na sociedade é este, a religião, temos também a TV, más, a religião é muito mais antiga. A igreja mistificou a existência de Deus, iludiu o povo com a crença de que é necessário frequentar seus cultos, rituais "sagrados" que o povo vai sem nem pensar no porque dessa baboseira toda. Mas, tudo tem um propósito bem comum, ganhar dinheiro, a igreja não existe para outro propósito a não ser arrastar multidões de fiéis que garantam o "pão de cada dia" de seus membros.

No início a igreja comandava, o papa era autoridade máxima, quem não obedecesse caminhava para a morte certa, e o que mais me deixa indignado em tudo isso é que as pessoas não analisam o passado da sociedade e da igreja, elas nascem e já são inseridas nesse meio sem serem questionadas quanto a sua própria opinião sobre o assunto fazendo com que passem por essa vida sem saber o que significa "livre arbítrio", e vivem a vida inteira como "vaquinha de presépio". Eu já não tenho mais religião exatamente por causa disso, não sou ateu, eu sou apenas eu e tenho minhas crenças em relação a nossa existência.

Isso não tem muito a ver com o filme, mas, vou citar umas das técnicas de tortura e execução mais horríveis usadas pela igreja católica na idade média que por causa disso ficou mais conhecida como idade das trevas (que fama mais vergonhosa pra uma instituição que prega a paz e o amor entre as pessoas):

Pêra: Essa é das mais conhecidas, um objeto metálico no formato de uma pêra (daí o nome) que era introduzido na boca, vagina ou ânus e gradativamente ia sendo aberta como podem ver na figura, essa técnica de tortura era principalmente utilizada em casos de adultério e homossexualismo. Já pensou se fosse assim ainda hoje heim?







Mesa de Evisceração: Nesse exemplo a vítima era acorrentada em baixo de um eixo e fazia-se um corte na sua barriga, então, introduziam um gancho que ao girar o eixo ia extraindo as vísceras da vítima lentamente pelo corte feito, que bando de animais, só queria saber onde é que o bom Deus se encaixa nessa história toda.


O Serrote: Esse é o que me dá mais arrepios e indignação, fico imaginando como que uma pessoa pode fazer uma coisa tão horrível com seu semelhante, neste método de execução a vítima era pendurada pelos pés de ponta cabeça e 2 carrascos serram-na no meio como podem ver na figura, um detalhe que deixa tudo mais horripilante é a intenção de causar o máximo de sofrimento possível, em que, o fato de que a pessoa fica de ponta cabeça faz com que o sangue chegue mais facilmente ao cérebro aumentando sua oxigenação e mantendo a vítima consciente o máximo de tempo quanto possível, e em alguns casos a pessoa perdia a consciência apenas quando o serrote alcançasse o umbigo.

E hoje as pessoas vão lá fazer sinal da cruz, rezar pai nosso, ave Maria e pagar dízimo achando que estão garantindo sua salvação quando, na verdade, estão tirando da boca de seus filhos pra dar pra quem não lhe ajuda em nada, sem saber que "existe um mundo por trás do mundo". Podem me chamar de ateu, profeta anticristo e o que mais quiserem, sou apenas um cara que é a favor da liberdade de pensamento e não da alienação do povo. Vejam abaixo um vídeo de 10 minutos que mostra senas do filme e retrata a crítica de Lutero à vergonhosa atitude da igreja aos seus fiéis:





Espero que tenha sido de bom proveito para todos, até o próximo filme pessoal e fiquem com Deus.

0 comentários:

Postar um comentário

 
BlogBlogs.Com.Br